Koordenatuak 383

Noiz igoa 7 de mayo de 2020

  • Balorazioa

     
  • Informazioa

     
  • Erraza jarraitzeko

     
  • Ingurunea

     
-
-
80 m
33 m
0
2,2
4,5
8,93 km

Ikusita 568 aldiz, jaitsita 9 aldiz

Nondik gertu: Atalaia, Santarém (Portugal)

LOCALIZAÇÃO:
O percurso fica situado na cidade do Entroncamento, iniciando-se junto à porta n.º 6 do Parque Verde do Bonito. Percorre toda a zona da Lagoa e do Parque, rica em espécies de fauna e flora, até entrar num trilho verdejante, já na saída do Parque e que nos guia até à ponte da A23. A partir daí explora toda uma área verde pertencente à Barroca, preenchida por trilhos também eles abundantes em biodiversidade. O regresso é feito depois de passar a Mina de Água, passando novamente por diversos trilhos e caminhos verdes. Entrando no Parque Verde do Bonito percorre toda a parte superior do mesmo, passando pelo Parque dos Escoteiros e pelo Parque dos Arqueiros e Besteiros do Entroncamento.
TIPO DE PERCURSO:
Circular, embora cruzando em alguns pontos, passa por "estradões", caminhos, trilhos e pontes diversas.
ÂMBITO:
Natureza, Biodiversidade, Floresta, Qualidade Ambiental, Resíduos, Água, Eco-Inovação, Geográfico, Cultural, Desportivo e Paisagístico.
EXTENSÃO E DURAÇÃO:
9km com a duração de aproximadamente 90 a 120 minutos, usufruindo das 6 estações com desafios e dos 10 pontos de interesse;
TEMA DO TRILHO:
"O laboratório da Biodiversidade às portas da cidade!"
TEMA DAS ESTAÇÕES E MOTIVOS DE INTERESSE:
Na Lagoa artificial localizada no Parque Verde do Bonito, podemos observar um alargado número de espécies de fauna e flora; na Cascata da Ribeira da Cardiga podemos apreciar as quedas de água e usufruir de um belo mergulho no tempo quente; o Local do Pica Pau Amarelo servirá para recuperar as energias e desfrutar de uma bela sombra; podemos ainda fotografar a antiga Mina de Água e o Parque Permanente dos Escoteiros do Bonito, muito frequentado nos fins de semana.
ÉPOCA ACONSELHADA:
Todo o ano, embora no inverno chuvoso, os trilhos se tornem enlameados e algo escorregadios.
AUTORES:
Turma do 8ºD da Escola Secundária c/ 3º Ciclo do Entroncamento, coordenados pelos professores André Fonte e Lucinda Mendes.
Aintzira

ESTAÇÃO 1 - Lagoa do Parque Verde do Bonito

1. APRESENTAÇÃO: Neste espaço destaca-se a Lagoa Artificial do Parque do Bonito, onde se pode praticar pesca desportiva e canoagem, assim como apreciar diversas espécies de fauna e flora. Devemos ter uma atenção especial para com os répteis, anfíbios e plantas que existem na Lagoa, destacando uma espécie de planta aquática sensível à poluição das águas, a chamada Colher, de nome científico Potamogeton nodosus que tem desaparecido de inúmeros habitats aquáticos, inclusive do Paul do Boquilobo onde esteve extinta por largos anos devido à poluição. Tanto a água como o solo da Lagoa têm um pH ligeiramente ácido, de aproximadamente 6,6. 2. DESAFIO ECO-FIXE: Na Lagoa podemos identificar algumas espécies de animais e de plantas autóctones, exóticas e invasoras, tenta descobrir alguns exemplos! Transporta um saco de plástico contigo para recolha do maior número de lixo que encontres ao longo do trajeto. No final deposita-o num ponto de recolha de lixo e/ou num ecoponto, se possível. 3. DESAFIO ATIVIDADE FÍSICA: Realiza um breve aquecimento antes de te aventurares pelos trilhos. Movimenta lentamente as tuas articulações pela ordem sugerida no vídeo: rotação dos ombros, do tronco à frente, dos joelhos e da cintura. 4. CURIOSIDADE: O Clube Amadores de Pesca do Entroncamento, fundado em 04-07-1973, por um grupo de amigos, cedo se norteou pela pesca de competição, sempre animado de um verdadeiro espírito de equipa e sã camaradagem. Na Lagoa podemos encontrar diversos peixes, como Carpas, Barbos, Achigã e Pimpão, que depois de pescados são novamente colocados na água. Sendo atualmente o Clube inscrito na 1ª Associação de Pesca de Rio e estando a disputar o Campeonato Nacional de Clubes na 1ª Divisão. 5. ESPÉCIES OBSERVADAS: Família de patos mudos - Cairina moschata (Foto 2); Cágado mediterrâneo - Mauremys leprosa (Foto 3); Planta aquática com flor - Potamogeton nodosus (Foto 4); Carpa - Cyprinus carpio (Foto 5).
Informazio

ESTAÇÃO 2 - Parque Verde do Bonito

1. APRESENTAÇÃO: O Parque Verde do Bonito é um pequeno parque com características muito interessantes sob o ponto de vista ambiental e de auxílio à proteção da natureza. Pequeno, mas possui um grande potencial ecológico para o Entroncamento e para o País, possui uma enorme diversidade árvores, arbustos e herbáceas, que atraem diferentes espécies animais, como insetos, aves, anfíbios, mamíferos, entre outras. Podemos destacar inúmeras árvores e arbustos autóctones característicos da flora mediterrânica distribuídas por todo o Parque como por exemplo carvalhos (várias espécies), sobreiros, freixos, pinheiros (várias espécies), salgueiro branco, pilriteiro, sabugeiros, oliveiras, aderno-bastardo, alecrim, carqueja, estevas, folhado, medronheiros, murta, tojos, trovisco, urzes, rosmaninho, loendros, aroeira, roseira brava, gilbardeira, silvas, arruda, tamargueira. O espelho de água da Lagoa do Bonito pode ser melhorado, e ganhar beleza, através de diversos métodos utilizados na engenharia natural (consolidação e valorização ecológica de margens de linhas de água) que poderão requalificar as suas margens, tornando-as mais seguras e naturais. Quanto às espécies que ali surgem anualmente, as mais emblemáticas e curiosas são o Dom-fafe, Abelharuco, Guarda-rios, Tentilhão, Chapim-de-poupa, Trepadeira-azul, Picanço- barreteiro, Galinha-d'água, Pica-pau-malhado-grande, Pica-galego, Pica-pau-verde, Garça- real, andorinhas e andorinhões de diversas espécies, entre muitas outras aves. Ainda podemos observar ali Coelho-bravo, esquilo-vermelho e Ouriço-cacheiro. Outrora, foram ali observados exemplares de Rato-d'água, contudo, depois das obras de requalificação, não foram mais vistos. O Parque é constituído por uma albufeira de água artificial alimentado por uma ribeira com origem em Árgea, conhecida pelos entroncamentenses, como ribeira do bonito. Tem um circuito de manutenção, duas praças, duas pracetas, uma fonte, instalações sanitárias, parque de merendas, jardim, observatório, anfiteatro, pesqueiros (zonas para os pescadores) e estacionamento. Dentro do espaço ainda podemos encontrar o Parque Permanente dos Escoteiros do Bonito e o Parque de Arqueiros e Besteiros. 2. DESAFIO ECO-FIXE: Tira fotos a 5 espécies de animais, a 5 plantas ou árvores autóctones e a diferentes zonas do parque (jardim, ponte, ribeira, praceta, lagoa e ao observatório de aves, etc.). Constrói um portefólio fotográfico. 3. DESAFIO ATIVIDADE FÍSICA: Realiza 10 a 20 repetições de "afundos de tricípedes" e "trepadores de montanha" (aproveita um banco para o fazeres). 4. CURIOSIDADE: Aquando das obras de requalificação do Parque com início em 2010 desapareceu uma espécie autóctone designada por Botão-de-Ouro - Ranunculus repens. 5. ESPÉCIES OBSERVADAS: Choupo Branco - Populus alba (Foto 3); Pilriteiro - Crataegus monogyna (Foto 4); Pato Real - Anas platyrhynchos (Foto 5).
Observación de fauna salvaje

Trilho da Raposa

PONTO DE INTERESSE: Observar o meio envolvente com atenção, podendo ver as seguintes espécies: Esteva - Cistus ladanifer (Foto 4); Trovisco - Daphne gnidium (Foto 5); Pisco de peito ruivo - Erithacus rubecula (Foto 6).
Observación de fauna salvaje

Trilho do Guedelhas

PONTO DE INTERESSE: Observar o meio envolvente com atenção, podendo ver as seguintes espécies: Medronheiro - Arbutus unedo (Foto 4); Madresilva das Boticas- Lonicera periclymenum (Foto 5).
Ur-jauzia

ESTAÇÃO 3 - Cascata da Ribeira da Cardiga

1. APRESENTAÇÃO: Encontram-se referências à “Ribeira da Cardiga” e à sua ponte romana desde 1504. A “Ribeira da Atalaia” depois de passar a “Ponte da Atalaia” perdia o seu nome para se passar a chamar “Ribeira da Cardiga” uma vez que entrava e desaguava em terras da “Quinta da Cardiga”, pertença da Ordem de Cristo. Ao longo da ribeira da Atalaia até a Quinta da Cardiga existem vários açudes ou diques que no passado eram utilizados para fornecer água para agricultura e a várias azinhagas que existiam junto a esta ribeira. Atualmente os açudes e as azinhagas praticamente já não existem ou estão muito degradados. Este açude é um dos que tem maior dimensão e o que se encontra mais bem conservado. 2. DESAFIO ECO-FIXE: Tira uma fotografia à cascata, descobrindo diferentes ângulos e perspetivas da queda da água, se o tempo o permitir podes também aproveitar e dar um belo mergulho. Fecha os olhos e ouve o som do meio ambiente que te rodeia: os sons da água a cair, dos pássaros, do vento, das folhas das árvores... e o som do comboio, se ele passar! Aproveita para sentir o odor da natureza, que neste local se mistura, tornando-se intenso, floral, húmido e fresco. 3. DESAFIO ATIVIDADE FÍSICA: Realiza 10 a 20 segundos de técnica de corrida no lugar e de 10 a 20 repetições de agachamentos. 4. PONTO CRÍTICO: Nos espaços circundantes à cascata existem alguns locais com depósitos de lixo indiscriminado. Fazia parte do nosso objetivo, enquanto criadores deste projeto "Eco-Trilhos", a limpeza dos espaços circundantes, contudo, devido à pandemia de Coronavírus, tal ação ainda não foi possível. 5. ESPÉCIES OBSERVADAS : Vinca Maior - Vinca major (foto 2).
Picnic-a

ESTAÇÃO 4 - Local do Pica Pau Amarelo

1. APRESENTAÇÃO: O Local do Pica Pau Amarelo foi construído por um grupo de pessoas que andaram a limpar/abrir os trilhos nesta área geográfica. Tem uma mesa ampla, um grelhador e uma sombra agradável, onde se pode apreciar um bom lanche, promovendo o convívio e a amizade. Atualmente, as casas circundantes a este local estão desocupadas e em estado de degradação. 2. DESAFIO ECO-FIXE: Recolhe folhas de diferentes formas e observa a textura, o recorte do limbo e as suas nervuras; se fizeres um lanche no local não te esqueças de deixar tudo limpo. 3. DESAFIO ATIVIDADE FÍSICA: realiza 10 a 20 repetições de polichinelos e 10 a 20 segundos de circundação dos braços na horizontal, à frente e atrás. 4. CURIOSIDADE: O nome do local surgiu quando se lembraram de uma série brasileira chamada “O Sítio do Pica-Pau Amarelo“ que também promovia o convívio e a amizade. 5. ESPÉCIES OBSERVADAS : Feto - Polipodium vulgare L (Foto 5).
Observación de fauna salvaje

Trilho do Kondor

CURIOSIDADE SOBRE ESTE PONTO DE INTERESSE: A realização dos Trilhos Bonito-Barroca inclui também fins solidários para angariação de caricas/tampinhas e donativos para a menina Beatriz Morgado (mais conhecida pelo nome carinhoso de "Pipoca"), a qual tem um doença rara que exige tratamentos muito dispendiosos. Ano após ano tem trazido mais participantes, ultrapassando já os 1500. PONTO DE INTERESSE: Observar o meio envolvente com atenção, podendo ver as seguintes espécies: Roseira Brava - Rosa canina (Foto 3); Erva abelha - Ophrys apifera (Foto 5); Esquilo-vermelho - Sciurus vulgaris (Foto 6).
Parada de tren

Caminhos de Ferro

CURIOSIDADE SOBRE ESTE PONTO DE INTERESSE: A Estação Ferroviária do Entroncamento é uma interface ferroviária das Linhas do Norte e da Beira Baixa, que serve a localidade do Entroncamento, no Distrito de Santarém, em Portugal. Em Janeiro de 2011, a estação ferroviária do Entroncamento apresentava 7 vias de circulação, com comprimentos entre os 320 e 600m; todas as plataformas tinham 300m de extensão e 40 cm de altura, excepto a quinta, que possuía 30cm de altura. O Museu Nacional Ferroviário é um espaço de vivência coletiva, diálogo e partilha de saberes, que se abre a todos como um território de reflexão e experimentação de relações entre o património cultural e o papel histórico, simbólico e tecnológico do transporte ferroviário em Portugal. Este é um Museu de abrangência internacional, que ao contar a história do caminho de ferro em Portugal, nos remete para uma perspetiva singular da história da Europa e do Mundo.
Observación de fauna salvaje

Trilho do Zé Dias

CURIOSIDADE SOBRE ESTE PONTO DE INTERESSE: O nome deste trilho foi dado em abril de 2020, quando recolocaram as placas com a identificação de todos os trilhos. Este trilho tem o nome de "trilho do Zé Dias", em “homenagem” ao senhor José Dias, que foi quem abriu e identificou a maior parte dos Trilhos do Bonito.
Meategia

ESTAÇÃO 5 - Mina de água

1. APRESENTAÇÃO: A mina foi construída quando os ferroviários vieram para o Entroncamento. Servia como um reservatório de água para abastecer os bairros de ferroviários e também para os comboios, que na altura ainda eram a vapor. 2. DESAFIO ECO-FIXE: Ouve o som do eco quando falas, cantas ou gritas para dentro da mina; observa e explora uma árvore à tua escolha (altura, largura, tipo de folhas, características do terreno, etc.). 3. DESAFIO ATIVIDADE FÍSICA: Realiza 10 a 20 segundos de agachamento isométrico/estático encostado à parede da Mina e 10 a 20 repetições de "flexões de braços em pé", também na parede da Mina.
Observación de fauna salvaje

Trilho da Epal

CURIOSIDADE SOBRE ESTE PONTO DE INTERESSE: Pelo estradão de terra batida, passa o canal da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) do Concelho do Entroncamento. Esta serve cerca de 25.000 habitantes, o equivalente da região, recorrendo às mais modernas tecnologias e contribui para a melhoria das condições sócio-ambientais da região, com efeitos na qualidade dos meios hídricos, na qualidade de vida das populações locais e nas condições de saúde pública. ESPÉCIES OBSERVADAS: Torga - Erica Umbellata (Foto 3).
Intersection

Auto estrada A23

CURIOSIDADE SOBRE ESTE PONTO DE INTERESSE: A A23 - Auto-Estrada da Beira Interior - atravessa os distritos da Guarda, Castelo Branco, Portalegre e Santarém, ligando Torres Novas (A1) à Guarda (IP5/A 25). PONTO CRÍTICO: Zonas densas de eucaliptos. ESPÉCIES OBSERVADAS: Folhado - Viburnum tinus (Foto 1)
Ibai

Ribeira adjacente ao Parque Verde do Bonito do Entroncamento

PONTO DE INTERESSE: A ribeira está situada aproximadamente 5 a 10 metros abaixo do local de passagem, sendo de fácil acesso.
campamento

ESTAÇÃO 6 - Parque Permanente dos Escoteiros do Bonito

1. APRESENTAÇÃO: Inicialmente o Parque teve o nome de Parque Permanente de Escutismo do Entroncamento. Este nasceu através de um Protocolo com a Câmara Municipal do Entroncamento, tendo sido cedido, a titulo provisório, o espaço onde atualmente se encontra. O mentor deste projeto foi o Chefe Victor Touricas que, com a sua perseverança, conseguiu em 1987 realizar o seu sonho de ter em Portugal o 1º campo escutista permanente no País. ​Este Chefe, acompanhado por elementos do Agrupamento (Caminheiros e Pioneiros), com escassos recursos à época, conseguiu dar alguma alma escutista ao espaço, que foi oficialmente inaugurado em abril de 1990. Do Parque inicial, já quase tudo mudou, tendo vindo ao longo das décadas a receber melhoramentos e infraestruturas que permitem hoje ter um espaço pleno para a prática escutista. 2. DESAFIO ECO-FIXE: Indica 5 espécies de arbustos e/ou árvores invasoras no Parque Verde do Bonito e diz qual o problema que estas causam nos ecossistemas. 3. DESAFIO ATIVIDADE FÍSICA: Realiza 6 exercícios de alongamentos gerais para a parte superior e inferior do corpo. 4. PONTO CRÍTICO: O parque está povoado com muitas espécies de plantas invasoras tais como acácias, acácia-bastarda, eucaliptos, formando frequentemente povoamentos muito densos e impedindo o desenvolvimento da vegetação nativa, diminuindo o fluxo das linhas de água e agravando alguns problemas de erosão. Também existem muitas espécies exóticas e invasoras animais, é exemplo o lagostim-vermelho-da-louisiana - Procambarus clarkii . 5. ESPÉCIES OBSERVADAS: Eucaliptos e Pinheiros (foto 2); Mimosa - Acacia delbata (Foto 3); Mimosa - Acácia melanoxylon (foto 4); Poupa - Upupa epops (Foto 5).
Parkea

Parque de Arqueiros e Besteiros

CURIOSIDADE DESTE PONTO DE INTERESSE: Este Parque de jogos pertence ao Clube de Arqueiros e Besteiros do Entroncamento. Quando a autarquia cedeu o terreno ao clube, era um descampado. Não tinha casas de banho e estas foram construídas pelos atiradores do clube. Há cerca de 15 anos, a prova realizada no Entroncamento era a que recebia o maior número de participantes e era considerada uma das melhores provas, senão a melhor prova do país. A prova desenvolvia-se por todo o Parque do Bonito e a polícia encontrava-se nos principais pontos de acesso ao parque e evitava que os curiosos se aproximassem dos alvos, normalmente imitando animais em 3D. No ano de 2000, o então CABE, Clube de Arqueiros e Besteiros do Entroncamento, arrecadou os 2 primeiros lugares individuais a nível nacional, em tiro com besta, e sagrou-se campeão nacional por equipas.
árbol

Trilho do Particular

PONTO DE INTERESSE: Observar o meio envolvente com atenção, podendo ver as seguintes espécies: Pinheiro - Pinus pinaster (Foto 2); Rosmaninho - Lavandula stoechas (Foto 3); Abrótea da primavera - Asphodelus ramosus (Foto 4); Novos ramos, do ano, em Pinus pinaster (Foto 5); Alcachofra - Cynara cardunculus (Foto 6).

3 iritzi

Nahi izanez gero edo ibilbide hau