Denbora mugimenduan  2 ordu 4 minutu

Denbora  2 ordu 22 minutu

Koordenatuak 1602

Noiz igoa 28 de octubre de 2018

Noiz egina octubre 2018

-
-
284 m
94 m
0
2,3
4,5
9,02 km

Bisitak 205, kokapena 7

Nondik gertu Condeixa-a-Velha, Coimbra (Portugal)

Com inicio nas Ruínas de Conimbriga e após prolongada visita a este local histórico, iniciamos a caminhada em direção ao Vale do Rio de Mouros.
Passamos a ponte e iniciamos a subida através do caminho dos Carmelitas de Fátima, este caminho, de fácil progressão, leva-nos até à margem do Rio de Mouros, que nesta época do ano não tem qualquer caudal, seguimos agora junto à margem do Rio até chegar à povoação do Poço, nesta povoação, com poucas casas, deixamos o caminho das Carmelitas e viramos à esquerda, passamos a ponte do Rio e por alguns metros seguimos na estrada em alcatrão.
Mais acima deixamos a estrada e seguimos por um trilho florestal paralelo à estrada, atravessamos a estrada para o outro lado e iniciamos o regresso a Conimbriga através de uma subida bem dura, com cerca de 2km, em caminho com muita pedra solta, esta subida, leva-nos até à Mata da Alfarda, já na Mata o caminho é sempre a descer até às ruínas de Conimbriga onde iniciamos o percurso.
Apesar do percurso estar sinalizado é sempre aconselhado o uso do GPS, pois o percurso cruza alguns caminhos com diversas sinalizações que podem induzir em erro.
De salientar, que não existem pontos de abastecimento de água, devem, por isso, ir precavidos.
É um percurso fácil, mas conselho a realizar o percurso no sentido contrário aos ponteiros do relógio, pois se fizerem ao contrário a subida da Mata da Alfarda é bem difícil para aqueles menos habituados.

Kokapenaren inguruko iritzi eta galderak

    Nahi izanezkero edo ibilbide hau